O movimento de paz de Israel necessita do apoio global
 

Israel , terra de contrastes

Vamos cultivar a paz

Sementes de Paz

Dia internacional da paz

DECLARAÇÃO PARA TODAS AS FORMAS DE VIDAS DA TERRA

"GRAÇAS" À MÃE TERRA

Carta do Chefe Índio Seattle

QUE A PAZ PREVALEÇA NA TERRA

Carta da Terra

Cem idéias para criar um mundo de paz

Peça GRÁTIS o seu cartão da  MEDITAÇÃO PERMANENTE DA PAZ

 

 

Meditação é uma Qualidade do Ser

 

 

Este é o segredo: desautomatize-se. Se nós pudermos desautomatizar nossas atividades, então, a vida toda se torna uma meditação. Então, qualquer coisa pequena – tomar um banho, comer sua refeição, falar com seu amigo – se torna meditação.

.

Meditação é uma qualidade; ela pode ser levada a qualquer coisa. Ela não é um ato específico. As pessoas pensam assim, acham que a meditação é um ato específico – quando você se senta olhando para o oriente, você repete certos mantras, queima um incenso, faz isso e aquilo num momento especial, de um modo especial, com gestos especiais. Meditação não tem nada a ver com todas essas coisas. Estas são todas a maneiras para automatizar a meditação e a meditação é contra a automatização.

Desse modo, se você puder manter-se alerta, qualquer atividade é meditação: qualquer movimento o ajudará imensamente.

.

 

 

Daremos abaixo as instruções para as duas técnicas de meditação mais básicas do Osho - Dinâmica e Kundalini.

.

 

Contate conosco para aprender e praticar essas técnicas e para saber como conseguir os cd's para a prática dessas e de outras meditações do Osho.

.

 

 

Instruções para a Meditação Osho Dinâmica.

 

Primeiro estágio: 10 minutos.

Respire rapidamente para dentro e para fora através do nariz, de maneira intensa e caótica. Comece com uma respiração. A respiração deve entrar profundamente nos pulmões. Seja tão rápido quanto possa na sua respiração. Faça isso tão totalmente quanto lhe seja possível; sem contrair o corpo, assegure-se de que o pescoço e os ombros permanecem relaxados. Continue sem parar até que você, literalmente, se torne a respiração, permitindo que a respiração seja caótica. Movendo os braços e seu corpo de um jeito natural, ajudará sua energia a subir . Sinta sua energia se desenvolvendo; não pare durante o primeiro estágio e jamais diminua o ritmo.

.

 

Segundo estágio: 10 minutos.

Seja o seu corpo. Dê, ao seu corpo, liberdade para expressar o que quer que seja... EXPLODA!... Deixe o seu corpo tomar conta. Deixe sair tudo que precisa ser jogado fora. Fique totalmente louco... Cante, grite, ria, berre, chore, pule, balance, dance, chute e solte-se. Não retenha nada, mantenha todo o seu corpo se movendo. Um pouco de representação muitas vezes ajuda a dar a partida. Nunca permita que sua mente interfira com o que está acontecendo. Lembre-se de ser total com o seu corpo.

 

 

Terceiro estágio: 10 minutos.

Deixando os seus ombros e os seu pescoço relaxados, levante ambos os braços tão alto quanto possa, sem trancar os cotovelos. Com os braços levantados, pule gritando o mantra Hoo!...Hoo!...Hoo!... (pronuncia-se Ru) tão profundamente quanto possível, vindo do fundo de sua barriga. A cada vez que você tocar o chão com a planta dos pés (assegurando-se de que os calcanhares estão tocando o chão), deixe o som martelar profundamente dentro do centro sexual. Dê tudo que você tenha, exaura-se completamente.

 

 

Quarto estágio: 15 minutos.

PARE! Congele-se onde você estiver, em qualquer posição que você se encontre. Não ajeite o corpo de maneira nenhuma. Uma tosse, um movimento, qualquer coisa dissipará o fluxo da energia e o esforço estará perfeito. Seja uma testemunha de tudo o que esteja acontecendo a você.

 

 

Quinto estágio: 15 minutos.

Celebre!... com música e dança, expresse o que quer que se faça presente. Carregue sua vitalidade com você durante o dia inteiro.

 

 

Meditação Osho Kundalini

 

Esta é a irmã mais amada da Meditação Dinâmica. Ela consiste de quatro estágios de 15 minutos cada um.

 

 

Primeiro estágio: 15 minutos.

Solte-se e deixe seu corpo todo chocalhar, sentindo as energias subirem a partir de seus pés. Solte todas as parte do corpo e torne-se o chocalhar. Seus olhos podem estar abertos ou fechados.

 

 

Segundo estágio: 15 minutos.

Dance... do jeito que você sentir, e deixe o corpo todo se mover como ele desejar.

 

 

Terceiro estágio: 15 minutos.

Feche os olhos e fique imóvel, sentado ou de pé...testemunhando o que quer que esteja acontecendo por dentro e por fora.

 

 

Quarto estágio: 15 minutos

Mantendo os olhos fechados, deite-se e fique imóvel.

 

 

Permita o chocalhar, não o faça. Fique de pé silenciosamente, sinta-o chegar e, quando o seu corpo começar a tremer um pouco, coopere, mas não o faça tremer. Divirta-se com o tremor, sinta-se abençoado por ele, permita-o, receba-o, dê-lhe as boas-vindas, mas não o deseje.

Se você força-lo, ele se tornará um exercício físico corporal. Então o chocalhar estará presente, mas apenas na superfície, ele não o penetrará. Interiormente, você permanecerá sólido, como uma pedra, como uma rocha; você permanecerá sendo o manipulador, o fazedor, e o corpo estará simplesmente seguindo. O corpo não é a questão – você é a questão.

Quando eu digo ‘chocalhe’, eu me refiro à sua solidez; seu ser petrificado deve chocalhar até as próprias bases, para que ele se torne líquido, fluido, se dissolva, flua. E, quando o seu ser petrificado se tornar líquido, seu corpo seguirá. Então, não haverá ninguém chocalhando, somente o chocalhar. Então, ninguém está fazendo aquilo, aquilo está simplesmente acontecendo. Então, o fazedor não está presente.

 

(Osho)

 

 

Técnicas Passivas

Numa situação onde você não pode fazer as técnicas ativas, apresentamos aqui dois métodos passivos simples, porém efetivos.

 

1. Observar a Respiração

Observar a respiração é um método que pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer tempo, mesmo que você só tenha alguns minutos disponíveis. Você pode simplesmente observar o subir e descer de seu peito ou barriga quando a respiração entra e sai, ou tente esta versão...
 

Passo 1: Observe a Inalação

Feche seus olhos e comece observando sua respiração. Primeiro, a inalação, de onde ela entra pelas suas narinas, direto para seus pulmões.
 

Passo 2: Observe o Intervalo Que Segue

No final da inalação há um intervalo,antes que a exalação comece. Isso é de imenso valor. Observe o intervalo.
 

Passo 3: Observe a Saída do Ar

Agora observe a exalação.
 

Passo 4: Observe o Intervalo Que Segue

No final da exalação há um segundo intervalo: observe esse intervalo. Pratique esses quatro passos por duas ou três vezes - somente observando o ciclo da respiração, não alterando-o de maneira alguma, apenas observando o ritmo natural.
 

Passo 5: Contando as Respirações

Agora comece a contar: Inalação - conte 1 (não inclua a exalação), inalação - 2, e assim por diante, até 10.
Depois conte de 10 voltando até 1. às vezes você pode esquecer de observar a respiração ou você pode ir além de 10. Então comece de novo, de 1.
"Essas duas coisas devem ser lembradas: observar, e particularmente os intervalos no topo e no fundo. A experiência desse intervalo é você, seu âmago mais interior, seu ser.
E segundo: continue contando, mas não mais do que dez; e retorne até um; e só conte as inalações.

Estas coisas auxiliam a conscientização. Você precisa ficar atento, senão você começará a contar a exalação, ou você irá ultrapassar 10.

Se você gostar dessa meditação, prossiga com ela. Ela é de imenso valor".
 
(Osho)

 
Para descobrir outras técnicas de meditação, entre no site: www.osho.com

 

 

Frases de OSHO

"Estou aqui para seduzi-lo a um amor pela vida; para ajudá-lo a tornar-se um pouco mais poético; para ajudá-lo a morrer para o mundano e para o ordinário, de modo que o extraordinário exploda em sua vida."
 

"Eu não sou um lógico, sou um existencialista. Acredito nesse belo caos da existência
e estou pronto para ir aonde quer que ela vá. Não tenho uma meta, porque a existência não possui uma meta. Ela simplesmente é, florescendo, brotando, dançando - mas não pergunte porque. Apenas um transbordamento de energia, sem motivo algum. Estou com a existência."
 

"Eu não sou um messias e não sou um missionário. E não estou aqui para estabelecer uma igreja ou para dar uma doutrina para o mundo, uma nova religião, não. Meu esforço é totalmente diferente: uma nova consciência, não uma nova religião, uma nova consciência, não uma nova doutrina. Chega de doutrinas e chega de religiões! O homem necessita de uma nova consciência. E a única maneira de trazer uma nova consciência é continuar martelando por todos os lados para que lenta, lentamente nacos de sua mente se desprendam. A estátua de um Buda está oculta em você. Nesse momento você é uma rocha. Se eu continuar martelando, cortando fora pedaços de você, lenta, lentamente o buda surgirá"
Osho